Arquidiocese do Rio de Janeiro

26º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/10/2018

18 de Outubro de 2018

Festa de Nossa Senhora da Paz terá a presença dos símbolos da JMJ

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Outubro de 2018

Festa de Nossa Senhora da Paz terá a presença dos símbolos da JMJ

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

12/07/2013 10:08

Festa de Nossa Senhora da Paz terá a presença dos símbolos da JMJ 0

A tradicional festa de Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, será marcada pela presença dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude durante a Missa, presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta. Os ícones também acompanharão a procissão pelas ruas do bairro.

A cruz da JMJ e o ícone de Nossa Senhora serão recebidos pelos jovens do Encontro de Jovens com Cristo e por estudantes do Colégio Notre Dame. Às 15h30m, haverá a Santa Missa dedicada a Nossa Senhora da Paz, transmitida ao vivo pela Rede Vida de Televisão e também pela WebTV Redentor.

Ao final, todos sairão em procissão animados pelo Padre Jorjão e pelo Padre Omar Raposo.

 

Devoção a Nossa Senhora da Paz

A devoção a Nossa Senhora da Paz surgiu no século IX, em Toledo, na Espanha, após a invasão dos mouros naquela região quando a população, liderada pelo arcebispo e pela própria esposa do rei, saiu às ruas vestida de luto para protestar contra o acordo feito entre o monarca e os invasores no qual a igreja dedicada a Nossa Senhora se transformava num templo mulçumano.

Invocando o poder da Virgem para abrandar o coração do rei que ameaçava punir os manifestantes, o povo, em fervor que convenceu os próprios mouros, conseguiu reverter a situação e, recuperando a igreja, reconduziu em procissão a imagem da Mãe de Deus ao altar, agora sob o título de Nossa Senhora da Paz.

Quando, após o fim da Primeira Guerra Mundial, o bairro de Ipanema inaugurou sua igreja em 1921, a bela figura de Nossa Senhora da Paz foi escolhida para ser a sua padroeira. Conduzida também em procissão pela Avenida Atlântica até Ipanema a imagem, vinda da França, foi entronizada na nova igreja no dia 14 de agosto de 1921.

Um mês depois, por decreto do então Cardeal Arcoverde, a igreja foi constituída Matriz e se tornaria a Paróquia Nossa Senhora da Paz, hoje a maior referência cristã do bairro e uma das principais da cidade.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.

Festa de Nossa Senhora da Paz terá a presença dos símbolos da JMJ

12/07/2013 10:08

A tradicional festa de Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, será marcada pela presença dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude durante a Missa, presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta. Os ícones também acompanharão a procissão pelas ruas do bairro.

A cruz da JMJ e o ícone de Nossa Senhora serão recebidos pelos jovens do Encontro de Jovens com Cristo e por estudantes do Colégio Notre Dame. Às 15h30m, haverá a Santa Missa dedicada a Nossa Senhora da Paz, transmitida ao vivo pela Rede Vida de Televisão e também pela WebTV Redentor.

Ao final, todos sairão em procissão animados pelo Padre Jorjão e pelo Padre Omar Raposo.

 

Devoção a Nossa Senhora da Paz

A devoção a Nossa Senhora da Paz surgiu no século IX, em Toledo, na Espanha, após a invasão dos mouros naquela região quando a população, liderada pelo arcebispo e pela própria esposa do rei, saiu às ruas vestida de luto para protestar contra o acordo feito entre o monarca e os invasores no qual a igreja dedicada a Nossa Senhora se transformava num templo mulçumano.

Invocando o poder da Virgem para abrandar o coração do rei que ameaçava punir os manifestantes, o povo, em fervor que convenceu os próprios mouros, conseguiu reverter a situação e, recuperando a igreja, reconduziu em procissão a imagem da Mãe de Deus ao altar, agora sob o título de Nossa Senhora da Paz.

Quando, após o fim da Primeira Guerra Mundial, o bairro de Ipanema inaugurou sua igreja em 1921, a bela figura de Nossa Senhora da Paz foi escolhida para ser a sua padroeira. Conduzida também em procissão pela Avenida Atlântica até Ipanema a imagem, vinda da França, foi entronizada na nova igreja no dia 14 de agosto de 1921.

Um mês depois, por decreto do então Cardeal Arcoverde, a igreja foi constituída Matriz e se tornaria a Paróquia Nossa Senhora da Paz, hoje a maior referência cristã do bairro e uma das principais da cidade.