Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/09/2018

20 de Setembro de 2018

Sementes do Verbo envia missionários à África

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Setembro de 2018

Sementes do Verbo envia missionários à África

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

06/07/2018 09:43 - Atualizado em 06/07/2018 09:43
Por: Louis Bárbaras e Symone Matias

Sementes do Verbo envia missionários à África 0

Consagrados da Comunidade Católica Sementes do Verbo seguirão em viagem à cidade de Obala, na República dos Camarões, no dia 11 de julho, a pedido do arcebispo da Diocese de Obala, Dom Sosthène Bayemi.

Fazem parte do grupo padre João Machado, as irmãs Maria Clara e Maria João, dois seminaristas, e o casal Thalita e Thiago Aquino.

A missa de envio, presidida pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, será realizada na sede da comunidade, no dia 10 de julho, às 11h, e contará com a presença do arcebispo da Arquidiocese de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.

Ações e objetivos

A missão será permanente, com o objetivo de fundar uma casa, e assim atuar com a população de Obala, principalmente crianças e adolescentes, por meio de projetos e atividades de qualificação. O ituito é trabalhar para diminuir a exclusão social e recuperar a dignidade humana do povo. Para isso serão realizados festivais, grupos de escoteiros para crianças, adolescentes e jovens, oficinas de artesanato e costura, entre outras atividades.

“Nós sabemos que vamos encontrar uma nova cultura, uma nova realidade. Vamos trabalhar com crianças e adolescentes, porque é uma etapa muito vulnerável da vida das pessoas, e que lá, certamente, no meio de tanta pobreza, nós vamos ter que dar uma resposta às crianças”, ressaltou padre João Machado.

Também será feito um trabalho de evangelização e de fortalecimento das pessoas através da fundação de uma casa de retiro para dar formação aos padres, seminaristas e leigos da Diocese de Obala. Existe ainda o desejo, por parte de Dom Sosthène, que se inicie o apostolado do ano sabático.

Irmã Maria Sarah, formadora geral da comunidade, destacou: “Para formar discípulos e missionários para a Igreja, temos um ano e nove meses de formação bíblica. É a alegria de dar a vida pelo Evangelho, de encontrar novas pessoas que anseiam pelo anúncio do Evangelho e de formar novos cristãos. Enviaremos jovens que vão dar a vida por esse povo”.

Organização e conceitos

De fato, o trabalho feito com crianças, adolescentes e jovens é essencial, dentro dos projetos realizados pela comunidade Sementes do Verbo no Brasil. Diante do cenário de extrema pobreza, e da falta de acesso a serviços básicos como saúde, educação, água potável, essa missão é de grande importância no sentido de melhorar a qualidade de vida daquela população, e de se dedicar à juventude de Obala.

“Temos que cuidar da vida humana em todas as fases, do nascimento até a hora da morte. E também devemos cuidar da vida espiritual. Na cidade de Obala, as pessoas vivem em situação de pobreza e não têm meios. Então, vamos ter que dar uma resposta no âmbito da educação, de saúde, e da salvação humana e espiritual. Nós vamos para dar, mas também para receber. Vamos para aprender muito com aquele povo”, afirmou padre João Machado.

A missão também tem como desafio promover uma troca cultural e contribuir para a formação do povo. “Para a Comunidade Sementes do Verbo, é essa a Palavra de Deus, de poder formar outros povos, outras culturas, de poder entrar em contato com outras crenças, e descobrir essa semente que Deus plantou desde sempre no coração de cada pessoa”, disse a irmã Maria Sarah.

Para contribuir com esse projeto, podem ser feitas doações por meio da “Obala Kids”, uma rede de solidariedade entre crianças do Brasil e crianças da África.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.