Arquidiocese do Rio de Janeiro

22º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 04/08/2021

04 de Agosto de 2021

Irmão Gabriel Luís, consagrado da Comunidade Preciosa Vida, é ordenado sacerdote

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

04 de Agosto de 2021

Irmão Gabriel Luís, consagrado da Comunidade Preciosa Vida, é ordenado sacerdote

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

08/07/2021 13:39
Por: Redação

Irmão Gabriel Luís, consagrado da Comunidade Preciosa Vida, é ordenado sacerdote 0

Irmão Gabriel Luís, consagrado da Comunidade Preciosa Vida, é ordenado sacerdote


No dia 10 de junho, o irmão Gabriel Luís do Santíssimo Anúncio de Nossa Senhora, consagrado do Instituto dos Filhos, Filhas e Oblatos da Preciosa Vida, será ordenado sacerdote pelas mãos do arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, durante missa realizada na Paróquia Sagrada Família, em Nova Holanda, no Complexo da Maré.

Filho de Vicente de Paula Alves e de Maria Elizabeth de Oliveira Alves, padre Gabriel, cujo nome de batismo é Arlan de Oliveira Alves, nasceu no Rio de Janeiro, no dia 10 de março de 1988.

Adotando o lema: “Alegrai-vos no Senhor, repito: alegrai-vos!” (Fl 4, 4), padre Gabriel, incardinado na Arquidiocese do Rio, é o primeiro sacerdote da comunidade de vida consagrada fundada pelo padre Geovane Ferreira Silva, no dia 23 de setembro de 2004.

Na entrevista, padre Gabriel partilha um pouco de sua vida, vocação, consagração e a nova etapa de sua vida como sacerdote do Senhor.


TF – Como era sua participação na vida paroquial?

Padre Gabriel Luís - A minha participação se deu na infância por influência dos meus pais que eram coordenadores da Pastoral da Família, na Paróquia Sagrada Família, no Complexo da Maré. Eles eram muito participativos nos eventos da Igreja. Sendo assim, fui sendo levado pelo testemunho deles para participar do grupo de coroinhas, de teatro, catequese e também das missas.


TF – Quando conheceu a Comunidade Preciosa Vida? Por que o carisma te chamou a atenção?

Padre Gabriel Luís - No ano de 2004, na missa de fundação da Preciosa Vida eu participei, na época estava fazendo experiência em outra comunidade religiosa. Apesar disso, coincidiu nesta data eu estar presente, na verdade, Deus tem seus meios e nos conduz como Ele deseja. A partir daí, algo foi suscitando dentro de mim, na época, eu tinha apenas 15 anos e não tinha tanto entendimento, mas acredito que foi a partir deste momento que se deu o meu chamado para ser Preciosa Vida.

O que me chamou atenção primeiramente foi o fato de ser uma comunidade de vida consagrada dentro do Complexo da Maré, era um sinal muito forte de jovens que eu já conhecia, alguns desde quando eu era criança, deixando tudo para buscar uma vida entregue a Deus. Sou um Irmão da Preciosa Vida que professa os votos de castidade, pobreza e obediência, e como todo consagrado busco viver o seguimento de Jesus, unindo-me de modo especial à Igreja, no serviço do Reino dos Céus, abraçando um carisma de fundação e da missão do movimento “Família da Preciosa Vida”, isto é, recolher a vida que pendeu da cruz, evangelizando os excluídos e reinserindo os que se encontram numa realidade de violência, ou de algum tipo de ausência, à margem da sociedade, assim como oferecer ao Pai o compromisso de viver a própria vocação pela santificação dos sacerdotes.


TF - Como surgiu a vocação ao sacerdócio? Qual é a relação de sua vocação com a Comunidade Preciosa Vida?

Padre Gabriel Luís - Meu chamado se deu quando eu era bem jovem, nos meus 15 anos fiz uma experiência em uma comunidade religiosa, e depois de um tempo, num processo de discernimento, ingressei na Associação dos Filhos da Preciosa Vida, e assim encontrei o lugar que Deus preparou para mim.

Minha inspiração era o amor dos sacerdotes por Jesus Eucarístico, em especial o amor e a alegria que testemunhava no meu pai fundador, o padre Geovane. Na época, ele falava de santidade e anunciava o Reino com destemor. Num ambiente aonde havia tanto sinal de violência, ele falava da necessidade de buscar uma vida nova, certamente ele foi minha maior inspiração.

Meus pais foram bem receptivos, apesar de se preocuparem por eu ser muito novo, porém sempre me apoiaram e rezavam para que eu fizesse a vontade de Deus.


TF – Onde se preparou para o sacerdócio?

Padre Gabriel Luís - Além da formação das etapas de formação para a vida consagrada, também foi necessário os estudos acadêmicos na Faculdade São Bento do Rio de Janeiro, onde cursei as cadeiras de filosofia e teologia. Fui ordenado diácono também por Dom Orani, no dia 19 de dezembro de 2020, na Paróquia Nossa Senhora da Glória, em Laranjeiras.


TF – Como pretende viver o carisma da Preciosa Vida no sacerdócio?

Padre Gabriel Luís - Ser padre para mim é fazer de toda sua existência uma doação aos outros por amor a Cristo.

Ao tornar-me sacerdote, pretendo viver o carisma Preciosa Vida, anunciando a Palavra de Deus, pastoreando o rebanho de Cristo aonde o Senhor me confiar e santificar o povo de Deus por meio das orações e dos sacramentos, sendo um instrumento de Nosso Senhor, sendo sempre grato por tudo o que Deus fez em meu favor.

Carlos Moioli


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.